SUMÁRIO DE MATÉRIAS

Destacado

Este é um sítio sobre a minha fé. Não fui sempre cristão, e não vivi sempre como cristão. E o que é ser cristão? Não é mera declaração de fé e de apenas crer que Deus existe, muito menos, muito menos, a declaração de uma doutrina, regras de bom comportamento ou o vínculo com alguma instituição religiosa. Nada disso é ser cristão, embora possa iludir como se fosse. Ser cristão é ter a fé em Deus, por meio do Senhor Jesus, que morreu e ressuscitou, e viver de acordo com essa fé e por essa fé.

Isso pode suscitar uma série de questões, tanto para os que não creem em Deus, quanto para os que creem, ainda mais sendo eu professor universitário e intelectual. Essas questões podem ser legitimas, do contrário não haveria tantas especulações filosóficas, políticas e teológicas sobre os problemas contemporâneos. São sem dúvida importantes, mas aqui me interessa buscar a Deus na Bíblia e no viver, seu sentido espiritual, quase sempre tão claro e simples como as parábolas de Jesus. Apenas reservei um espaço para o que vou aprendendo na leitura da Bíblia e na oração, na medida em que possa escrever sobre elas ao menos um pouco.

Não são pastor, missionário, teólogo, ministro de nada. Não pretendo ser e não posso ser; não tenho as qualidades que deve ter quem o seja. Sou apenas uma pessoa de fé, que talvez tenha errado o alvo mais do que as outras, mas estou buscando aprender a andar no Caminho. E isso se busca andando com Deus. De todas as coisas que eu ouvi, nada há que se compare a isso:

Amarás o Senhor, teu Deus, de todo o teu coração, de toda a tua alma e de todo o teu entendimento. Este é o grande e primeiro mandamento. O segundo, semelhante a este, é: Amarás o teu próximo como a ti mesmo. (Mateus 23.37-39)

Assim começa a jornada. Certamente estamos despreparados para ela, mas esta é uma grande vantagem: aprenderemos a caminhar com Ele. Parafraseando o que me disse certa vez uma pessoa: “Sirvo a Deus, que não pergunta de onde você veio, pois Ele sabe, e sabe o que significa, mas pergunta para onde você quer ir agora”. Esta é uma decisão que cabe a cada um de nós, e a ninguém mais.

 


1. APRESENTAÇÃO DO SITE

EU CREIO EM DEUS E NO SEU UNGIDO (DECLARAÇÃO DE FÉ). (publicação maio de 2017, revisão setembro de 2017)

APRESENTAÇÃO (setembro de 2017)

O QUE ESTE SÍTIO NÃO É (setembro de 2017)

[acesse no cabeçalho a Licença de Uso do material deste sítio e link para contatar-me]


 


2. REFLEXÕES SOBRE A VIDA E A FÉ

AVISO AOS NAVEGANTES: NÃO ESTAMOS SÓS (setembro de 2017)

SOBRE A SUPERAÇÃO DOS ERROS (setembro de 2017)

QUEM PODE BUSCAR A DEUS? (setembro de 2017)

SOBRE A CULPA (maio de 2017; janeiro de 2018)

EU NÃO ME SINTO MAIS IMPORTANTE NEM CAPAZ… (12/08/2016, revisto em 11/04/2017 e em janeiro de 2018)

UM CONVITE AMOROSO (26 de abril de 2016, revisão janeiro de 2018)

O QUE A BÍBLIA DIZ SOBRE CORRUPÇÃO PÚBLICA? (03/05/2016)

O DISCURSO DE ÓDIO NÃO CABE PARA CRISTÃOS (MENSAGEM APENAS PARA OS CRISTÃOS) (10/04/2018)


3. INTRODUÇÃO ÀS ESCRITURAS

O QUE É A BÍBLIA PARA OS CRISTÃOS? (setembro de 2017)

COMO LER A BÍBLIA (abril de 2016)


4. ESTUDOS NA BÍBLIA: A TANAKH

GÊNESIS

O CONHECIMENTO DO BEM E O MAL E A FUGA DA PRESENÇA DE DEUS. ESTUDO EM GÊNESIS 3. (janeiro de 2018)

GÊNESIS CAPÍTULO 4 A 7

NO COMEÇO (GÊNESIS 4 A 7): A PRIMEIRA HUMANIDADE (I. APRESENTAÇÃO) (setembro de 2017)

NO COMEÇO (GÊNESIS 4 A 7). II. AS PRIMEIRAS GERAÇÕES (setembro de 2017)

O CAMINHO DE CAIM (setembro de 2017)

MISTÉRIOS E REVELAÇÕES DE ENOQUE: I. ANDOU COM DEUS   (setembro de 2017)

II REIS

JEROBOÃO II: 40 ANOS DE GLÓRIA, SABEDORIA E GOVERNO HUMANOS, 2a parte (agosto de 2016, revisão janeiro de 2018)

SOBRE O SOFRIMENTO. MEDITAÇÃO NO LIVRO DE JÓ (maio de 2016)

EZEQUIEL

“NOSSOS PECADOS PESAM SOBRE NÓS. COMO PODEREMOS VIVER?” (EZ 33.10-20) 22/05/2017 (revisão 18/01/2018)


4. ESTUDOS NA BÍBLIA: NOVO TESTAMENTO

III. CARTAS GERAIS (EPÍSTOLAS DITAS CATÓLICAS)

HEBREUS

MISTÉRIOS E REVELAÇÕES DE ENOQUE: II. UM HOMEM DE FÉ (setembro de 2017)

JUDAS

CONVIVENDO DE PERTO COM O ENGANO (janeiro de 2018)

IV. APOCALIPSE

OS ANJOS DA IGREJA (Ap 2 e 3)

QUEM É ESSE ANJO? TRADUÇÃO E INTERPRETAÇÃO, ANTIGUIDADE E MODERNIDADE – Este trabalho está organizado em três partes, pensadas para serem lidas em sequência, preferencialmente.

I PARTE: A ESTRUTURA DO TEXTO E OS SETE ANJOS

II PARTE: O ANJO DA IGREJA

III PARTE: SERES CELESTIAIS E SERES TERRENOS

BIBLIOGRAFIA CITADA

 


5. AS ESCRITURAS ON LINE  

ESCRITURAS JUDAICO-CRISTÃS

ESCRITURAS CRISTÃS


5. ESTUDOS NA BÍBLIA: MATERIAL DE APOIO

OCORRÊNCIAS DA PALAVRA ANJO NO NOVO TESTAMENTO

OCORRÊNCIAS DA PALAVRA ESTRELA NO NOVO TESTAMENTO

OCORRÊNCIAS DA PALAVRA CANDEIA/CANDEEIRO E LÂMPADA NO NOVO TESTAMENTO

OCORRÊNCIAS DA PALAVRA EPÍSCOPO NO NOVO TESTAMENTO

OCORRÊNCIAS DA PALAVRA PASTOR/ PASTOREAR NO NOVO TESTAMENTO

OCORRÊNCIAS DA PALAVRA PRESBÍTERO NO NOVO TESTAMENTO


5. INFORMAÇÕES ÚTEIS


6. DEPOIMENTOS PESSOAIS


9. SOBRE ESTE BLOG


…. EU CREIO EM DEUS (TEXTOS SENDO REVISADOS)
– acesso pelo menu lateral

 

veja abaixo os posts mais recentes deste sítio

 

O DISCURSO DE ÓDIO NÃO CABE PARA CRISTÃOS (MENSAGEM APENAS PARA OS CRISTÃOS)

O DISCURSO DE ÓDIO NÃO CABE PARA CRISTÃOS (MENSAGEM APENAS PARA OS CRISTÃOS)
Euler Sandeville
10/04/2018

 

Esta é uma mensagem para os que são de fato cristãos, seja em qual inserção pensem estar. Não é para os perfeitos, porque Jesus veio chamar pecadores ao arrependimento (mudança de disposição, de compreensão). Faz tempo venho pensando em escrever algo sobre isso. Talvez já o devesse ter feito, embora, a rigor, não fosse necessário. Mas partilho com aqueles que creem, muito embora possa eventualmente servir aos demais, na medida em que o discurso de ódio simplesmente não deveria caber a ninguém.

Certamente o texto não é para os que “vendo, não enxergam; e escutando, não ouvem, muito menos compreendem” (Mateus 13.13). Ou seja, aquele que ouve, lê e vê, e não percebe, não dobra o coração ao Senhor, esse seguirá entregue por si mesmo aos próprios caminhos e, portanto, lhe terá pouca valia. Por isso, apesar da chamada que faço, o que interessa é o que as Escrituras nos dizem, e são esses os textos que transcrevo aqui.

Hoje vivemos tempos de indignação. Facilmente essa indignação se expressa em palavras duras, que se ancoram na ofensa, na detratação, no preconceito, na intolerância. É quando a palavra que sai de nossa boca torna-se ódio e amargura contra os outros. “Porque a boca fala do que está cheio o coração. O homem bom tira do tesouro bom coisas boas; mas o homem mau do mau tesouro tira coisas más”(Mateus 12.34,35). Continuar lendo